sexta-feira, 29 de maio de 2009

Recuo.


A moda agora é dar um tempo, sabe?
Tempo na primavera porque ela está em um tempo, em um tempo de crise. tempo de gato sem rato pra brincar. Tempo..não de solidão, ao contrário..de muita gente no "ao vivo", nas rodas de risos.
Mas sei lá porque isso não está sendo o suficiente.
Se são os dias que passam sem futuro glorioso, se eu mesma não vejo solução.Ou não encontre de nenhuma forma um problema.
Tédio, na menor proporção.
E pra não contagia-los, o certo é retirar-se.
Ou melhor retirar-me, e deixar um beijo à distância, pra não feri-los com meus espinhos que nem são tantos assim.

Flores.




11 comentários:

Bípedes disse...

A distância como recuo ou o recuo como distância?, como ceder tempo ao tempo que nem temos para nós mesmo, ''moda'', um novo estilo de buscar à tão desejada felicidade em momentos, não tenho resposta. Mas por aqui fico te desejando respostas que virão com o famigerado tempo.

Um amplexo!

Lo. disse...

"Mas sei lá porque isso não está sendo o suficiente."

Ah, eu também não sei. E isso dói!
E eu sou de Belém sim, quer dizer que nós duas falamos 'égua' então! hehe

Pri Castro disse...

As vezes temos tudo e nos sentimos sem nada, coisa estranha mas que acontece, infelizmente.

Espero que esse tempo de crise na primavera se acabe e novas flores possam brotar !!!



BjOoOoOoO

Nasca disse...

me assustei:
muito de mim por aqui..
nas palavras, imagens...


mas as flores, quem te traz sou eu.
:*

Jaya disse...

Égua, Ariana!

Que saco. Não converso até voltar, também. Zanguei.

¬¬

Karol Gonçalves disse...

Senhorita está escrevendo cada vez melhor, mais tocante!Obrigada!
Ah!O futuo gloriso que nos atormenta!

bj
bj

. fina flor . disse...

sim, parece que estamos todos precisando de um tempo....

beijos, honey e bom fim de semana

MM.

Nasca disse...

esse frio acaba com a gente..
de fora nem tanto.. de dentro, melhor nem lembrar.

vai, mas volta..
ou leva contigo as flores que você ainda não ganhou, mas há de ganhar :*

Vini Manfio disse...

estranho, diferente


não sei

acho que é algo tão pessoal que eu não entendi

e antes que comente uma besteira
só comento que li o texto

Paulo Tamburro disse...

SEREI SEU SEGUIDOR.PARABÉNS!

Jaya disse...

Bom saber, bom saber.

Te espero.